:: ::
 



Deus Prova o Homem !

Deus prova o homem para conhecer o fundo do seu coração, ( Dt 8,2) e para dar a vida (Tg 1,12).

E o homem tenta também provar a si que é  "como Deus",  mas sua tentativa é por uma sedução e culmina na morte, (Gn 3; Rm 7,11).

Aqui a prova se torna tentação, e um terceiro personagem intervém: o Tentador".

Assim, a "prova" está indicada para conceder a vida (Gn 2,17) ; Tg 1,1-12), enquanto que a tentação "gera a morte" (Gn 3 ; Tg 1,13s); a prova é um dom da graça, e a tentação um convite ao pecado. 

A humanidade está engajada numa prova que a transcende e que ela não vencerá senão pelo efeito duma graça (Gn 3,15) pela vinda da descendência que levará a prova a seu termo vitorioso. 

Cristo é a descendência segundo a promessa, o primogênito do povo novo. No deserto, Jesus vence o tentador em seu próprio terreno (Lc 4,1s ; 11,18s).              Ele é ao mesmo tempo o homem que se alimenta da Palavra de  Deus e "Javé salvador" a quem seu povo continua a tentar (Mt 16,1 ; 19,3;  22,1)

Deus tem um propósito por trás de cada problema - 
 

Ele usa  as circunstâncias para desenvolver nosso caráter, e para nos trazer para perto de si. "O Senhor está perto dos que tem o coração quebrantado e salva os de espírito abatido" (Sl 34,18). "Quando passais por diversas provações, sabeis que a prova da vossa fé produz a paciência. Mas é preciso que a paciência efetue a sua obra, a fim de serdes perfeitos e íntegros, sem fraqueza alguma. Se alguém necessita de sabedoria, peça a Deus - que a todos dá liberalmente, com simplicidade e sem recriminação - e ser-lhe-a dada. Mas peça com fé sem nenhuma vacilação" ( Tg 1,2-6).

 "É somente ao sofrer que conheceremos a Jesus. 

No sofrimento, aprendemos coisas a respeito de Deus que não podemos aprender de nenhuma outra forma.

Os problemas nos forçam a olhar para Deus e a depender dele em vez de confiar em nós mesmos.  Suas mais íntimas e profundas experiências de adoração ocorrerão nos dias mais sombrios, quando seu coração estiver partido, você estiver abandonado, não tiver nenhuma opção, a dor for intensa -  você vai buscar somente a Deus. É durante períodos de sofrimento que podemos aprender a fazer nossas orações mais sinceras, autênticas e honestas para com Deus. Quando sentimos dor física ou emocional, não fazemos orações superficiais. Tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus. E por outro lado, todas as coisas contribuem para o mal daqueles que vivem em oposição a Deus, insistindo em seguir o próprio caminho".

 Cada problema é uma oportunidade para edificação do caráter;  o domínio próprio, mansidão, produz paciência e prova a fé e a esperança. E "sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que amam e são chamados...".                    As Escrituras comparam as provações ao fogo que refina o metal, queimando as impurezas. Pedro nos diz: "Essas dificuldades vêm para provar que sua fé é pura. Essa pureza de fé vale mais que o ouro" (1P 1,7).Jesus nos disse que teríamos problemas no mundo.

Concluindo:                                                                                                                                                                         Coragem, eu venci o mundo" (Jo 16,33)  Ele estará conosco até o final dos séculos.                Aquele que nos dias de sua vida mortal pôde "vir em auxílio dos que são provados" (He 2,18),quererá, no dia do juízo, quando voltar em glória, identificar-se com todos os sofredores da terra (Mt 25,35-40).




 

- MINISTERIO INTERNO -

 

Mulheres
Louvor
Crianças
Diaconato
Jovens
Casais
ETAC
Parceiros
Dança
         




Fone: (163969-6512
reverdecerfm@hotmail.com
Igreja Abraçar
em Cristo
 

Rua: Peru Nº 486 – Vila Mariana
Ribeirão Preto/SP
Copyright © 2018 - Todos direitos reservados à Igreja Abraçar em Cristo
Produzido por: